Imagem relacionada
Nossas vidas são gastas construindo  momentos mais importantes, mais tardios, os momentos em que estaremos felizes daqui a alguns dias, semanas, meses ou anos.
Mas quando esses momentos chegam, não estamos mais felizes. Na verdade, já estamos olhando para os próximos grandes momentos: uma próxima viagem, um grande projeto sendo concluído, encontrando-se com amigos, recebendo a grande coisa que você encomendou on-line, encontrar o seu próximo livro favorito, refeição, bebida, experiência.
E se esse maravilhoso momento que estivemos esperando é este, agora?
E se esse momento for o momento mais importante de nossas vidas?
E se deixássemos de trabalhar para algo mais tarde e, em vez disso, começássemos a prestar toda a atenção agora?
E se parássemos de pensar que a felicidade está chegando em breve, e tentarmos ver o que está na nossa frente, e encontrar felicidade nisso?
E se esse fosse o momento que estivemos esperando desde o início? Haha, amanhã 11/03, é meu aniversário, mas sinceramente anulei toda ansiedade e expectativa, estou feliz hoje e amanhã é outro momento. 
Pare agora e observe o que está bem na frente sua você. Encontre uma maneira de ser grato por este momento particular.
Se você está ansioso para algo no futuro (ou por antecipar qualquer coisa no futuro),  ao invés disso, anseie pelo o que está aqui, e veja isso como seu grande momento, cheio de admiração e brilho da vida.
Se você está correndo (como muitas vezes estou), em vez disso dar-se o dom de toda a atenção para o agora. Aproveite as boas leituras, a sua família, uma boa leitura, amigos, uma boa comida, aproveite o seu momento agora.

Eu vou ser honesto aqui. Eu não tenho praticado isso o quanto deveria. Mas, esse é um bom exemplo de como você pode aproveitar alguma coisa que já faz todos os dias, e usar isso como uma meditação. 
Simplesmente comprometendo-se fazendo nada além de comer - uma única tarefa ao invés de várias tarefas. Eu sei que você já comeu assistindo televisão, mexendo no celular, conversando com alguém, lendo algo, ou pensando em tudo menos na sua comida. Tente prestar atenção em cada mordida, preste atenção na comida, suas texturas, sabores e cores. Observe quando sua mente vagueia, saboreie a comida.

Essa é uma das diversas playlists que desfruto no meu cotidiano. Não só de música eletrônica componho meu arsenal musical. Para melhor compreensão confesso ser eclético, porém todos temos algo preferencial e referencial para se identificar e no meu caso é EDM (Electronic dance music). 

Eu seria cru caso não explorasse a beleza e a pureza de outros ritmos, digo ritmos de verdade, não ritmos de moda. Costumo usar essa playlist para escrever ou descansar a mente e se duvidar, até dormir. Não consigo meditar sem música, é uma ótima forma de entronizar com o momento presente. Se você busca algo agitado, sinto-lhe informar mas não é essa playlist. Exclusiva de canções ao som do piano.


Faz 2 anos que iniciei uma vida mais simplificada e reflexiva. Eu gosto de fechar o ano com uma reflexão sobre o meu ano que está acabando. Acho que é para aprofundar o aprendizado que eu fiz e isso me faz mais capaz de apreciar o poder de um ano. 

Algumas pessoas preferem que o ano acabe rapidamente, para chegar ano novo e "reiniciar suas vidas", sendo que ainda há o que aprender e fazer muitas coisas boas no atual.

Refleti um pouco no meu último ano neste post , mas antes disso, passei cerca de uma hora de escrever uma entrada de diário em 2015.

Foi uma grande prática. Para refletir muito sobre o ano, eu tinha que lembrar de tudo sobre o ano. 

Alguns grandes acontecimentos para mim este ano:

Viagem para Belém-PA - Talvez seja a melhor forma para minha familiar relaxar. Viver esses momentos, em lugares desconhecidos, descobrindo novas paisagens, gostos, experiencias, etc. É muito bom poder presenciar o sorriso de quem amamos. Sair um pouco da realidade, com responsabilidade é claro (não podemos esquecer dos problemas e das pendencias), é uma ótima maneira de refletir e curtir o momento presente.

Lugar na Hackthon - Hackday -  Hackathon significa maratona de programação. O termo resulta de uma combinação das palavras inglesas “hack” (programar de forma excepcional) e “marathon” (maratona). Aqui nasceu minha primeira Startup, a "PAGUEI!", uma ideia para um futuro aplicativo financeiro. Foram 3 dias de desenvolvimento, Brainstorming, trabalho em equipe e competitividade. Nunca aprendi tanto em 3 dias, nunca bebi tanto café também, a garrafa era esvaziada e completada novamente de 30 em 30 minutos. Esse foi um marco na minha vida, percebi que programar é um novo hábito em minha vida, e melhor ainda é ser desafiado pelos problemas do cotidiano e propor soluções criativas e inovadoras.

50% da graduação - É muito prazeroso chegar na metade do curso (faço sistemas de informação), olhar para trás e perceber que você absorveu 90% de todo conhecimento ministrado pelos professores (Os outros 10% foi a cadeira de metodologia). Que venha os demais períodos, estou como sede desse conhecimento e quero repassar esse conhecimento.

4º Minha irmã está falando demais - E isso é muito bom, é maravilhoso! Para quem não sabe, a Carol tem síndrome de down. Para alguns isso é um empecilho na vida, para mim, é uma oportunidade de viver a vida mais intensamente, com mais carinho, compaixão e amor no olhar de quem ver a vida de forma tão pura e simplificada. Sim, carinho, compaixão e amor, são palavras chaves para minha irmã. Do começo do ano até o momento atual, ela aprendeu muito, desde ler, se expressar melhor, dialogar melhor e escrever que é seu grande desafio. E se tem algo que aprendi com ela, foi que apesar das dificuldades, ela nunca deixou de sorrir.

Encontrei um amor - A vida me surpreendeu em 2016. "Deus, com certeza tem mão do senhor nessa historia". Bom, estou vivendo um ótimo relacionamento, é a primeira vez que termino o ano com alguém e a sensação é ótima. Sei que estou feliz e que me sinto no lugar onde eu deveria estar, ao lado dela. Uma das melhores escolhas que fiz foi pedi-la em namoro. 

Ganhei uma segunda família - Confesso que a vergonha cedeu lugar para o carinho. O dia em que visitei a casa da minha namorada, conheci minha segunda família. Meu mais sincero agradecimento a Dona Katia que me tratou tão bem. Amo seu pudim! 
Quero poder manter uma relação reciproca tratando-os da melhor forma, afinal, É minha nova família. Sentir-se acolhido é incrível, pude sentir o ar de felicidade e bem estar naquela casa. 

Comecei a estagiar - Enfim, trabalhar e ganhar experiencia é muito bom. Receber o investimento do seu esforço também é ótimo. A melhor parte do meu trabalho é ter uma equipe incrível no meu cotidiano, somando e agregando valor. Os desafios surgem repentinamente e sempre oferecemos o melhor. Agradeço também a todos vocês.


Projeto pratico - A melhor forma de colocar em pratica o que venho aprendendo na graduação. O bom é que tive uma equipe maravilhosa também para desenvolver. Essa é uma disciplina do curso, onde uma problemática é proposta as equipes e temos um espaço de tempo para encontrar e desenvolver a solução. Desta vez, o desafio foi automatizar todo o processo do sistema manual de apoio ao discente da instituição. A parte que eu mais gosto foi a que menos participei, da programação, hehe, acho que fiquei feliz como analista de sistemas kk.


Esta prática me ajudou a ver o que eu fiz ao longo do último ano, e o que me surpreende. Eu nunca teria imaginado que eu teria feito tudo isso, sendo que resumi aqui, eu não planejei isso.

Eu também pude ser capaz de ver como eu mudei ao longo do ano. Em pequenos passos, eu me tornei uma pessoa diferente. O Marcos de um ano atrás gostaria de ser meu amigo, eu acho.

Eu recomendo esta prática no final do ano, como uma maneira de fechar o ano e dizer adeus a tudo o que você passou. Apreciar o que foi bom e arquivar o que foi ruim.




Quanto mais eu estudo e trabalho com pessoas que estão lutando com hábitos ou problemas da vida, mais eu vejo como os medos estão segurando-os.
Medos impedem a construção de hábitos saudáveis ​​e produtivas. Medos nos levam a adiar tarefas, impede de encontrarmos trabalho, os quais achamos significativo (ou de fazer esse trabalho, se nós o encontrarmos). O medo impede de encontrar amigos e  de conectar com as pessoas em um nível mais profundo.  O medo inibe a capacidade ser feliz a cada momento.
Subjacente a todos esses medos, alguns são medos fundamentais:
  • O medo do fracasso ou estar despreparado
  • Medo da incerteza
  • Medo de ser inadequado ou ser rejeitado
Os dois medos principais são os da incerteza e "não ser bom o suficiente", e na minha experiência, ambos são a mesma coisa. Temos medo do futuro incerto (e situações incertas) porque nós não pensamos que somos bons o suficiente para lidar com o que pode sair do caos, uma consequência negativa digamos.
Estes dois medos (de incerteza e inadequação) afetam nossas vidas de tantas maneiras, e ainda assim raramente os enfrentamos. Não quero sentir esses medos, então corremos, fugimos. Buscamos distrações. Ficamos ocupados em vez de enfrenta-los. Encontramos conforto em alimentos, fumo, álcool, redes sociais e TV.
No final, correr não funciona, só piora as coisas.
Há uma alternativa: o Caminho da Coragem .

Três chaves para o desenvolvimento Destemido!

O que seria de nossas vidas se alguns medos não estivessem nos segurando?
Nós poderíamos encontrar a liberdade e a alegria que está presente a cada momento.
Poderíamos ser capazes de viver, finalmente, a vida que sempre quisemos viver.
Então, como vamos trilhar este caminho de Coragem? Como ser destemido? 
Vou citar três práticas para trabalhar:
  1. Enfrentando o medo conscientemente . A verdade é, raramente nos permitimos sentir nossos medos. Nós fugimos deles, fingimos que eles não estão lá, buscamos distrações chicotear a frustração em outros, tentando encontrar o controle. Mas nem sequer admitimos que temos estes receios, na maioria das vezes, muito menos realmente permitirmos sentir-los. Assim, a prática é apenas sentir quando você percebe-se sentir qualquer medo, e veja se você pode ficar com ele por algum tempo. Não fique com a história, (que possivelmente causou o medo), em sua cabeça, mas sim como ele se expressa em seu corpo. Veja que é estressante ou dolorosa ou desconfortável. Observe a sensação física particular deste medo, desta vez. Ver se ela muda. Veja o que você pode aprender sobre isso.Veja se você pode ser compassivo com isso.
  2. Vendo a sua bondade subjacente . Enquanto nos sentamos em meditação, podemos ver que este momento é realmente muito maravilhoso, pelo simples fato de você entender os gatilhos do seu medo e perceber o quanto ele é desnecessário. Nós somos parte da bondade incondicional de cada momento, e se ficarmos concentrados, podemos começar a sentir isso. Há bondade em nossos corações, o tempo todo, se nos permitimos sentir. Existe a possibilidade de apreciar e admirar, sentir e amar, estar presente e ser grato. Comece a apreciar isso, e você vai começar a desenvolver a confiança que faltava, que você vai ficar bem, mesmo na incerteza, mesmo se você estiver sendo julgado, mesmo se você se colocar lá fora, com vulnerabilidade, você vai sentir-se seguro. 
  3. Abraçando a alegria de improcedência . Do meu ponto de vista, a incerteza é assustadora porque não gosto da sensação de não ter um terreno estável sob meus pés, você já se sentiu assim? Queremos segurança, controle de estabilidade, permanência ... mas a vida é cheia de incertezas, impermanência, tremores, caos. Isto faz com que o medo aflore. Mas em vez disso, podemos começar a abraçar esta incerteza, ver a beleza na impermanência, consulte a positividade da falta de fundamento. Essa incerteza significa que não sabemos o que vai acontecer, o que significa que pode ser surpreendido por cada momento! Podemos ser preenchido com curiosidade sobre o que vai surgir. Nós podemos nos reinventar a cada momento, porque nada está definido, nada é determinado. Há alegria nesta falta de fundamento, abrace, de repente pode um amor, o bom trabalho, uma boa aquisição, um bom momento. Tive o prazer de ter essa alegria no amor, vencendo a incerteza e possíveis medos. Encontrei alguém que hoje me completa e soma na minha vida. Assim como eu venci a incerteza, ela também venceu. Hoje vivo um ótimo relacionamento, porém esse é um assunto para outro texto!
Sei que não é fácil, estas dicas não são práticas fáceis. Mas você pode praticar aos poucos agora, e reserve alguns minutos cada manhã para praticar. Você vai ver a sua confiança surgir, seus medos se dissipar um pouco, a sua capacidade de apreciar cada momento crescendo.
O Caminho da Coragem não é impossível, porém merece uma atenção plena. Já dizia Augusto Cury, "Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes. Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la intensamente."